segunda-feira, novembro 27, 2006

Naturalmente bons

A propósito de um post da Margarida aqui lembrei-me de uma história que fez Escola. Um grupo de líricos, a quem não ocorria outra coisa senão a singela ideia de que as crianças são naturalmente boas - o Mundo é que pode desvirtuá-las -, levou a sua convicção ao extremo e sobre-generalizou as aptidões tidas como inatas, a ponto de afirmar: "Se as crianças forem deixadas por conta própria ao redor de uma mesa recheada de bons e maus alimentos, elas escolherão os bons". Para tornar válida a inspiração, preparou-se uma mesa a condizer, ficando esta repleta dos mais variados alimentos. Foi dada especial atenção ao colorido, jogando com geométrica disposição múltiplas saladas e fruta variada. Resultado final: Enfartaram-se de chocolates e batatas fritas. Quando os autores da experiência foram confrontados com o resultado, aliviaram o stress, com a sequinte frase: "Foi o Mundo!"

2 comentários:

SaltaPocinhas disse...

Qual é o problema?
Naturalmente bons e... naturalmente gulosos!

José António disse...

Exactamente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...