quinta-feira, junho 19, 2008

Foi hiper-super-fácil...


As crianças elevaram as provas de aferição ao nível da Floribela: "Foi super-fácil!", mas a Ministra foi à TV repor a verdade.

"São provas universais, externas e padronizadas que permitem às famílias..."


- Esta frase da Ministra chegou-me para perceber quase tudo -


Primeiro: São Universais de um Universo distante dos conteúdos dos programas que a Ministra quer ver cumpridos;


Segundo: A Ministra disse "esternas" e não "externas", e são "esternas" porque durante a aplicação ficam próximas do esterno dos alunos;


Terceiro: São padronizadas sim senhora; o padrão é que não é propriamente o dos descobrimentos.


Portanto, não sejam "más línguas" porque, se insistem na má língua, levam com a diferença abissal nas taxas de sucesso entre o 4.º e o 6.º ano e, a seguir, com a reforma do 2.º Ciclo. Olhó pauzinho e a cenoura...

4 comentários:

Shakti disse...

Tudo muito bem explicado com direito a "houveram" e tudo ....
Sinceramente...já não há paciência...será que só nós professores é que o vemos ?????

Bjs

Saltapocinhas disse...

olha que essa ideia já me tinha vindo à mente..
o 2º ciclo vai precisar de reformas e tal...

o certo é que precisa mesmo, não sei bem quais mas como está é um exagero!

José António disse...

Claro que precisa e claro que os resultados das provas vão justificar alterações mais rápidas e mais profundas.

Girafa cor de rosa disse...

Hehehehe! Mas tudo isto era de prever, ou não? E as provas de aferição não servem mesmo para isto? Fazer a vontade à Ministra?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...