domingo, abril 19, 2009

O Big Brother

Ramiro Marques, no blog do Ramiro, faz a apologia das redes sociais, evidenciando o que considera as vantagens da convivência virtual em modo permanente. Ele adora o Facebook , sorri embevecido perante o Twitpic, baba-se pelo Friendfeed, ruboriza-se com o Twitgoo, é terno com o Twitter e ainda fica capaz de um Flickr. Em suma, o homem adora o Big Brother à escala global.
Tenho, a propósito destas novidades, opinião completamente contrária. Não estarei muito equivocado se previr graves problemas relacionais decorrentes da utilização massiva destas "maravilhas informáticas". Caso a dificuldade de comunicação entre duas pessoas adultas se acentue, a ponto de uma se dedicar ao Friendfeed enquanto a outra Twittar por fora, nada de inconveniente ocorrerá. Mas, se um jovem casal se deixar ensimesmar pelo Twitpic a ponto de comprometer o desenvolvimento do petiz, a factura será pesada e nenhuma empresa do ramo irá fazer mais que sacudir a água do capote. É lamentável e desastroso que estas empresas possam influenciar tão negativamente o Mundo, sem que alguém venha a ser responsabilizado. Para mim o Big Brother Global é um mal que parece ter vindo para ficar. Nada mais do que issso. A menos que a Escola resolva...

1 comentário:

Saltapocinhas disse...

então eu estou no bom caminho, já que nem sei o que é a maioria das coisas de que falas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...