quarta-feira, fevereiro 03, 2010

Um sapo apaixonado

1 comentário:

Aline disse...

Sapo, sapo, sapo,
Á beira dum rio,
Quando o sapo canta,
É porque tem frio.
A D. Sapinha
Deve estar lá dentro
A fazer rendinhas
Para o casamento.
Ao passar a ponte
A ponte tremeu
Coitado do sapo,
Jacaré comeu.

Vê tu bem o meu repertório. Agora tenho de cantar essa e outras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...