sexta-feira, outubro 01, 2010

Coração apertado...

A parte em que o coração mais se lhe apertou deverá ter sido quando decidiu taxar os que trabalham e trabalharão - no mínimo até aos 65 anos - sem direito a uma pensão de reforma e quando, simultaneamente, decidiu que os aposentados (mesmo aqueles que conseguiram pensões acima dos 1500 euros, aos 50 anos de idade, sem penalização) ficariam assim a modos que congelados: os de trezentos, como os de dois mil, ou quatro mil, ou por aí adiante. Isto para um coração socialista... não haverá certamente alegria que o tire de tamanho aperto. Talvez tomando como verdadeira a interpretação bizarra de Câncio - que considera que as medidas brutas resultam de agoiro - o órgão se lhe alivie. Mas creio que até Sócrates deixou de  tomar Câncio para além da insustentável leveza que a caracteriza.

Imagem daqui

2 comentários:

Aline disse...

Estas medidas deixam-me seriamente preocupada, principalmente quando penso que com 14 anos de serviço, tenho um vencimento semelhante ao do início de carreira de outros profissionais. E o pior é que parece-me que estas medidas não ficarão por aí. Cheira-me!
Adorei aquela do Luís Veríssimo.

José António disse...

É, a situação é deveras preocupante e, como dizes, poderemos não ficar por aqui. A loucura do poder pelo poder levou ao adiamento de decisões e isso agravou o problema. No meio de tudo isto temos medidas completamente imorais, tais como aquela que consiste em ter permitido que milhares de professores tivessem pensão de reforma antes dos 55 e agora vir dizer que esses não pagam nada porque descontaram a vida inteira. Isto vai mal... muito mal... e temos de ser nós a fazer alguma coisa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...