quinta-feira, maio 17, 2007

Bang (la d'este)

No estado do Illinois, nos Estados Unidos, um bebé de dez meses obteve licença de porte de arma. O pai, pessoa sensata, não faz a mínima ideia se o rapaz, quando conseguir coordenação motora e força, está interessado em atirar sobre os colegas da Escola mas, não vá ele revelar propensão para o acto e estar impreparado, precaveu-se.
O modelo actual de organização social não deixa aos pais disponibilidade suficiente para dedicação e afecto; vai daí, nada como começar cedo a oferecer o céu, mesmo que cortar a meta no inferno fique à distância de um gatilho. Estamos portanto no limbo da racionalidade. E no limbo, como diria o outro, habitam seres de propósitos insondáveis

Serão domesticáveis?

Talvez, com mais horas de jaula e de chicote apontado. Opss! Záp! Patinhas ao alto! Zak-ZáK!

Os(as) domadores(as) que se furfunhem!

2 comentários:

arte por um canudo 2 disse...

Até onde é que esta loucura irá? estamos virados para um tipo de sociedade que só vê "economias, déficites e lucros" deixando os afectos para outro plano.É pena..Um abraço

Lusófona disse...

Que absurdo... somos mesmo racionais???

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...