segunda-feira, julho 28, 2008

O Rico

"Lucros semestrais do BPI caem 95,3% para 9,1 M€. O BPI obteve 9,1 milhões de euros de lucro na primeira metade deste ano, uma quebra de 95,3% face aos 193,1 M€ registados no primeiro semestre do ano passado, informou esta sexta-feira a instituição financeira liderada por Fernando Ulrich.
A forte quebra nos resultados reflecte o impacto negativo de 157,4 M€ da participação no BCP, com 65,5 M€ de menos-valias.
Excluindo o impacto da participação no BCP, os lucros cifrar-se-iam em 166,4 M€, uma descida de 13,8%.
O produto bancário recuou 11,8%, para 529,4 milhões de euros, enquanto a margem financeira situou-se nos 322,5 M€, menos 1,7% do que um ano antes". - In Diário Digital

Fernando Ulrich? Quem não se recorda do que este senhor bradou a propósito dos professores, da avaliação e da excelência? Pois é, agora apresenta umas contas destas (impactadas negativamente pelas brigas com o BCP) e nós ficamos sem saber se é penalizado por isso (será que comprou acções antes de começarem a desvalorizar?). Quer dizer, a gente até desconfia que não é penalizado coisa nenhuma. Não faz mal, a isto chama-se neo-liberalismo da excelência e da avaliação; um tipo de compromisso em que os pobres trabalham para o sucesso e os ricos dizem como eles devem ser avaliados. Perigoso, este Mundo... Olá Compro-isso Portugal!

2 comentários:

Perla disse...

Uns podres de ricos e outros podres de fome...
As desigualdades cada vez mais acentuadas!

Shakti disse...

As desigualdades em Portugal , infelizmente são cada vez mais...

Coitados dos administradores do BCP...

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...