sábado, outubro 04, 2008

Um caso muito sério

Estava por entre as grelhas que a avaliação à CIF envolve, quando senti a dimensão ética, tão alumiada nos textos da Lei, escapar-se por entre a grelhagem do processo que a avaliação do desempenho da actividade docente envolve.
Tomando o caso, em fase final de avaliação e já avaliado pela psicóloga, constatei:


- É claramente uma aluna para a qual se deveriam adoptar, como medidas educativas, adequações curriculares individuais e apoio pedagógico individualizado.


Porém, essas medidas envolvem o risco de não transição da aluna ao 2.º Ciclo; risco esse que o professor, avaliado pelos resultados dos alunos, não quererá concerteza assumir.


E eu, entre a ética e a avaliação do desempenho, terei de escolher a avaliação do desempenho? Como é possível que a ética seja não compatível com a avaliação do desempenho?




Não sei se será o Santana, a Ferreira Leite, o Louçã, um dirigente sindical ou o Alegre. Sei que algum político influente tem de ocupar este espaço de falta de lucidez, que consiste em associar a avaliação de professores aos resultados dos alunos.

3 comentários:

Professorinha disse...

É escrever para a ministra e perguntar o que é que ela acha... Já que ela se preocupa tanto com os alunos...

Saltapocinhas disse...

CIF??

para mim cif é nome de detergente...
tens a certeza de que andas a ler os papéis certos??

(o meu aluno de nee passou para o
3.º ano, no no que vem fará o 4.º e depois abalará para o 5.º, benza-o deus!!)

Shakti disse...

Esta ministra tem tanta preocupação com os alunos...

bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...