quarta-feira, dezembro 10, 2008

Prenda no sapatinho

Maria do Rosário Gama escreve a propósito da simplificação proposta (ou imposta, veremos) para resolver o conflito aberto entre ME/Professores. Acho razoável que Maria do Rosário Gama considere que esta simplificação não resolve o impasse, porém, considero absolutamente disparatado o conteúdo das suas propostas. Há uma diferença abissal entre o que propõe Maria do Rosário Gama e o que propõe Maria de Lurdes Rodrigues: A Ministra, sob o efeito da contestação, assentou os pés na Terra. Maria R. Gama, liberta dessa pressão e animada pelo propalado sucesso da sua escola, quer que os resultados contem. E quer mais... e mais... e mais...
Não sei se a Ministra terá uma prenda para lhe colocar no sapatinho. O que sei, ou julgo saber, é que tudo o que quer basta para que os professores se sintam aliviados pelo facto do que propõe não constar dos texto da Lei.
Suponho que o que dificulta agora a saída do impasse, são feridas a montante da avaliação simplificada. Mário Soares sabe disso e já foi à TV com a caixa de primeiros socorros dizer que o problema está nos sindicatos que esticaram demasiado a corda; parece não se recordar que antes de ser esticada esteve amarrada a um ponto estratégico desastroso. Perguntam vocês: Onde? Talvez aqui.

2 comentários:

madr disse...

Parece-me que leste/interpretáste mal o texto da colega.
Realmente à primeira vista/leitura pode parecer que ela "põe água na fervura" da avaliação ( com ou sem simplex). Mas reparando com mais atenção verifica-se que é exactamente o contrário, os titulos de cada parágrafo, não são concordâncias, são apenas o destacar de pseudo novidades que o ME introduziu e que a colega Maria do Rosário se encarrega de deitar por terra explicando com exemplos concretos. Até as alterações que parecem criadas pelo ME ela refere que há muito são reivindicações dos professores.
Termina com...
"Para haver mérito não são necessárias quotas. A avaliação é formação, evolução, melhoria. Nada disto está presente nem no modelo, nem no “simplex” que o Ministério procura impor às Escolas."

E eu concordo com ela.

jocas (isto sim é 1 prenda)

José António disse...

Terminaste com o problema. E o problema é que eu acredito pouco no Pai Natal... e muito menos nesse que acha que me alegra com umas "jocas". Era o que faltava!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...