domingo, fevereiro 22, 2009

A grande mentira

Passando os olhos pelos blogs de professores verifico o tom irónico relativamente ao papel socializador que caberá à Escola Pública num futuro próximo.
Considero o papel socializador da Escola de extrema importância e nem valerá a pena tentar aqui prever as consequências da não escolarização, ou de uma Escola que relegue para segundo plano esse papel. Parece-me, contudo, mais pertinente colocar o problema no espaço que essa socialização deverá ocupar.

Tomemos a realidade:
Exige-se (será que se exige?) que à saída do 1.º Ciclo as crianças revelem competência para a leitura de textos de extensão considerável, para escrita com correcta sequência de ideias e com poucos erros ortográficos, para a realização de cálculo mental e para a apropriação do sentido das operações básicas que permitam a resolução de problemas através do modelo matemático. Simultaneamente, elaboram-se e aprovam-se (PAA) planos anuais de actividades que consistem numa chusma de dias comemoráveis, tais como: o dia do animal, do pai, da mulher, da árvore, da floresta, da Primavera, da alimentação, de S. Valentim, do não fumador, do desfile, da Popota, das bruxas...
Trata-se de uma grande mentira que resulta da pressão que os autarcas, o "SIADAP", o "SIMPLEX", e os pais colocam erradamente sobre as Escolas. A desautorização do professor conduziu a este grave disparate: o autarca vai à Escola com o pai para exigirem um desfile de Carnaval; um a pensar nos votos, o outro numas fotos para mais tarde recordar. Os professores fazem ou mandam fazer os trajes (o processo não importa, o que conta é o produto) e ai daquele que perguntar: mas em que é que tudo isto contribui para a qualidade da educação ou do ensino? Não poderá perguntar porque uma resposta com verdade não andaria muito longe de: em nada!...

2 comentários:

Saltapocinhas disse...

imperdoável!
falta-te o dia da mãe!!

eu, que detesto "dias de", não me incomodo muito de participar em algumas actividades porque é a maneira que eu tenho de fazer trabalhos manuais com os garotos que de outro modo não faria.
Mas não passo de pequenas coisas, realmente feitas pelas crianças e não por mim (nem que quisesse não era capaz!!).

mas tens toda a razão: os PAA não passam de um desfile de actividades que se faziam na mesma quando não havia PAA, com a diferença de não nos entrarem os autarcas e os pais pela escola dentro a exigir fosse o que fosse.

Só te digo que comigo não pegava, jamsi aprticiparia obrigada numa actividade que não fosse minha obrigação!!

Saltapocinhas disse...

quando é que visitas os meus pirilampos e deixas lá um comentário??
e pelos teus lados há blogs infantis?
se há, dá-me os links que quero pôr os garotos em contacto com outras crianças.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...