segunda-feira, junho 21, 2010

A Floribela

A opção dos Super - Hiper - Mega Agrupamentos chegou por via da falta de "guita". Como diria a outra - a Floribela - : O buraco é cada vez mais bué de grande! E para tapar tal "buraqueira", só mesmo uma grande betoneira. É exactamente por via deste raciocínio que chegam os Mega (assim carinhosamente designados). A tal amassadeira, amassará em primeiro lugar quem se disponibilizou para o exercício da função de presidente da CAP (uma comissão que ficará um ano para instalar o que dificilmente terá instalação); primeiro, porque os directores que têm de deixar o cargo verão neles uns vencedores por via da secretaria (aqui como no futebol ganhar na secretaria soa sempre a "apito dourado"), depois, porque os professores que inevitavelmente deixarão os cargos, sentirão que lhes calha na rifa pagar injustamente o buraco  e, por fim, os outros professores perceberão que afinal nem o espírito da Lei é para cumprir - uma vez que são ouvidos todos os elementos dos Conselhos Gerais menos os professores, os pais e os assistentes operacionais -. E, portanto, perceberão que tudo o que lhes contaram e que mandaram escrever em Lei a propósito de Administração e Gestão das Escolas é uma história para ler quando a pessoal precisa de adormecer. Ai Floribela, Floribela... quem és tu?!!



1 comentário:

Aline disse...

Vamos ver o que isso dá. Até lá, aguardamos para ver.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...